Dr. ProvetS

Assine o RSS

Calêndula Concreta Vet: Estudo Científico

21 de janeiro de 2011

sem comentários

O presente trabalho relata o uso tópico da Calendula officinalis no tratamento de 10 cães que apresentaram complicações pós-operatórias em cirurgias de emergência, ortopédicas e oncológicas. As complicações presentes referiam-se a deiscência de suturas, infecções e necrose tecidual. Todos os cães obtiveram epitelização completa entre 21 e 28 dias de tratamento.

Sobre a Calendula officinalis
A calêndula tem como nome científico Calendula officinalis, conhecida popularmente como calêndula, maravilla, vireina ou marquesita, entre outros; trata-se de uma planta anual resistente em todos os tipos de solo, porém preferem os solos argilosos, ainda estando presentes em parques e jardins urbanos. Tem ação cicatrizante, anti-séptica, sudorífica, analgésica, colagoga, antiinflamatória, antiviral, antiemética, vasodilatadora e tonificante da pele (CAMPOS et al., 2000).

Sobre as lesões teciduais
As causas primárias mais comuns de lesão tecidual, segundo Pavletic (1993), são mordidas de outros cães, acidentes automobilísticos, lacerações por objetos cortantes, metais e injúrias térmicas. E como causas secundárias: as infecções, deiscências e traumas que transcorrem como complicações pós-cirúrgicas das intervenções

Leia a matéria na íntegra

Ainda não há comentários, faça um abaixo.

Comentar

* Campos de preenchimento obrigatório